Pular para o conteúdo principal

AL-INVEST Verde IPR participou de conferência sobre economia verde

De 1 a 3 de setembro, AL-INVEST Verde DPI organizou o evento "Propriedade Intelectual e Bioeconomia" durante a 10.ª edição da conferência Green Rio em cooperação com o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) do Brasil. Isto incluiu um estande informativo de 3 dias, assim como um seminário chamado "Estratégias de Propriedade Intelectual em benefício das Tecnologias Verdes e do Desenvolvimento Sustentável". Entre os palestrantes estavam o Presidente do INPI Brasil, Cláudio Vilar Furtado, e Luis Fernando Samper, da Colômbia, especialista em indicações geográficas (IG). O seminário foi seguido por uma sessão de Q&A e uma recepção em rede para convidados.

Cláudio Vilar Furtado é o Presidente do INPI Brasil há quase 4 anos e teve um papel importante na modernização do sistema de PI brasileiro. Sob sua liderança, o INPI aderiu ao Protocolo de Madri e implementou um roteiro para superar seu atraso, e um plano de PI digital foi estabelecido a fim de melhorar o acesso aos serviços e informações do INPI.

O discurso principal foi proferido por Luis Fernando Samper, que trabalhou anteriormente na Federação Colombiana de Cafeicultores durante 13 anos como Gerente de Marketing e Diretor de PI elaborando a arquitetura da famosa marca "Café de Colombia". Sua apresentação focalizou os benefícios econômicos, sociais e ambientais das IG e como elas podem ser fundamentais para contribuir para os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU se as prioridades dos produtores forem devidamente consideradas através de uma abordagem ascendente.

O seminário e a recepção em rede reuniram um grupo diversificado de partes interessadas para discutir como a PI pode ajudar a inovação verde. Stefan Agne, da Delegação da UE no Brasil, abriu a recepção em rede, destacando a importância da PI para a economia verde. Os participantes do setor privado incluíram representantes de escritórios de advocacia de PI e da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), bem como o Presidente da Associação Brasileira dos Agentes da PI (ABAPI) e um juiz do Tribunal Regional Federal do estado do Rio de Janeiro. Notável foi também a presença do SEBRAE, Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas, e da Agência de Inovação da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), representando instituições de pesquisa.

Os participantes do setor público foram tomadores de decisão da delegação da UE no Brasil, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), da filial local da Organização Mundial da Propriedade Intelectual (OMPI), e representantes de administrações estrangeiras como o Adido de PI da Administração de Comércio Internacional dos Estados Unidos e o Conselheiro de PI para a América Latina do governo francês. A sociedade civil foi representada por convidados da Rede de Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro (REDETEC), da Associação Brasileira da PI (ABPI) e do Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS).

A estreia da AL-INVEST Verde DPI ofereceu uma excelente oportunidade para trocas de opiniões e compartilhamento de conhecimentos, resultando em muita matéria de reflexão para atividades futuras. Para mais informações, consulte nosso comunicado de imprensa (disponível apenas em português).

 

Share this post